segunda-feira, 25 de junho de 2012

Mais cedo ou mais tarde, o que é seu, lhe arrancado injustamente, volta para você.
Sem que para isso você tenha precisado usar as mesmas armas daqueles que te derrubaram.
A verdade um dia aparece.
Como num passe de mágica, as coisas começam a mudar, máscaras começam a cair e o sol começa a brilhar.