quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Tenho percebido muita gente tristonha, desmotivada e cansada neste final de ano.
Inclusive, eu!
Quando pequena, as festas de final de ano sempre foram animadas, nos preparávamos com antecedência, armávamos a árvore de Natal e aguardávamos com ansiedade a chegada do "Bom Velhinho".
O tempo passou e as coisas mudaram, perderam a graça. A correria e consequente cansaço ofuscaram as luzes do Natal.
Não há mais árvores, nem crianças, muito menos o "Bom Velhinho".
Perdeu-se, gradativamente, o espírito Natalino.
Hoje, é mais uma noite...
E aqueles que se submetem à reflexão, à retrospectiva, mais trites ficam, pois, percebem que o ano se foi, que nem sempre o objetivo foi alcançado, que houveram desencontros e que nada mais poderá ser feito a não ser aguardar.
Aguardar pelo truque do calendário, que divide o tempo em fatias, que nos oferece um "Ano Novo" e a possibilidade de planejarmos e buscarmos novamente nossos sonhos.
Que 2012 seja novo, novíssimo e com amnésia, rsrsrsrrs...
Que possamos esquecer mágoas, decepções, frustrações e fazer diferente e/ou a diferença!
"Me pula 2012!"
Ana Paula