sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Jogo de Cintura!

Situações do nosso dia a dia exigem jogo de cintura, ou seja, maturidade para que possamos fazer o que precisa ser feito sem que cause maiores "conflitos".
A diversidade, especialmente a diversidade cultural, faz com que tenhamos opiniões diferentes e, consequentemente, atitudes diversas para uma mesma situação.
Acredito muito no diálogo, argumentação para posterior tomada de decisão, entretanto, nem sempre a decisão final depende da gente e, para que sua idéia prevaleça, a argumentação deve ser fundamentada pelo conhecimento.
Nem sempre nossa opinião é considerada, mas, é importante ter em mente que sua parte você fez, até onde era de sua competência/ responsabilidade você fez pelo melhor.
No início de nossa carreira, às vezes, não temos maturidade para aceitar as "batalhas" perdidas e até podemos encará-las com frustração. Contudo, com o tempo você percebe que tem coisas que não dependem de você, que nem sempre os projetos idealizados acontecem como você planejou e que isto não quer dizer que você perdeu. Se você se dedicou, lutou e mesmo assim não aconteceu, não deve se culpar, pois, não dependia somente de você.
Confesso, que é um exercício difícil, mas, tento pensar assim, caso contrário passamos a travar "batalhas" pessoais.
No entanto, me pergunto se isto é maturidade, conformismo ou cansaço?
Ana Paula