terça-feira, 7 de junho de 2011

Responsabilidades!

Sou responsável única e exclusivamente pelos meus atos e/ ou pelas minhas omissões! Não admito que tentem me culpabilizar pelo que não me diz respeito.
Carrego a certeza, de que tudo o que estiver ao meu alcance, irei realizar. Lutarei pelas coisas que acredito porque tenho, primeiramente, um compromisso comigo mesma, depois com os demais, porque cumpro com um papél social.
Se durante a caminhada eu cansar e por um deslise, um equívoco vier cometer ou de uma tarefa me omitir em fazer, assumirei total responsabilidade sobre meus atos.
Contudo, jamais será possível que eu responda pelo comportamento de outra pessoa, pois, tais comportamentos não são passíveis de controle alheio, nem deveriam ser, porém, que cada um se responsabilize por suas atitudes.
O que acontece é que gente sem caráter, ou melhor, mau caráter, com a bagagem vazia de valores e princípios morais, sem ética ou respeito pelo semelhante, incompetente por formação e incapaz por natureza, acabam, por necessidade, utilizando seu demasiado tempo culpabilizando outras pessoas por suas falhas.
Claro! Ótima saída!
Cresçam...a vida é bem maior que isso! E, nosso tempo, escasso demais para ficarmos jogando com a vida, façamos a nossa parte!
Ana Paula

Sem palavras!

Não quero escrever hoje, estou sem inspiração ou talvez sem palavras. Sim, pois, tem fatos na vida da gente que nos deixam sem palavras, sem ação...
Quanto mais vivo, mais me surpreendo com o ser humano. Por isso que as vezes penso em fazer concurso para o IBAMA, não menos prezando tal instituto é claro, mas, é que está tão difícil entender as pessoas que talvez o caminho seja se afastar delas,rsrsrsrs...
Olha que ironia, acabo de ficar surpresa comigo mesma, com o que acabo de escrever, logo eu que acredito tanto no potencial humano.
O ser humano é uma caixinha de surpresas, nem  sempre agradáveis.
O difícil é ter que admitir isso!
Chega, não quero mais falar...
Ana Paula