segunda-feira, 30 de maio de 2011

Mas, bah tchê, faz frio aqui no Sul!

Tento acreditar que o frio seja apenas uma condição climática de nosso estado.
Porém, alguns comportamentos me fazem pensar que os corações/sentimentos congelaram pelo frio que faz lá fora. A insensibilidade, falta de empatia e de compaixão pelo ser humano parece que se tornam mais visíveis no inverno. Sei lá, deve ser uma mera e tola impressão, como tantas outras que tenho tido, mas, agora que o frio chegou, que as portas fecham-se cedo, parece que também nos fechamos para a necessidade alheia. Encerrados, aquecidos, alimentados, bem agasalhados nem espiamos para fora, deve ser porque "o que os olhos não veem o coração na sente" (gostamos de ditos populares, gostamos tanto que passamos a utilizá-los). Pois bem, já que gostamos, porque não pensamos em mais um "mas, bah tchê, faz frio aqui no sul", se levarmos este a sério pode ser que possamos dar uma espiadinha em nossa janela, descongelar nossos sentimentos e fazer nosso inverno menos rigoroso!
Ana Paula

Trabalho!

Você tem que escolher o trabalho e não o trabalho escolher você!
Quase nunca isso é possível mas, deveria ser. Pois, pressupõem-se que se pudéssemos escolher qual ofício a seguir o faríamos com paixão, determinação, comprometimento, responsabilidade, dedicação, abdicação, ousadia, criatividade etc.
Teoricamente passamos 1/3 de nosso dia no trabalho, mas se contabilizarmos o trânsito, o almoço que não passamos em casa, as reuniões, passamos bem mais tempo. Daí descontamos ainda as horas de sono, indispensáveis para o bom funcionamento de nosso corpo e mente, percebemos que a vida escorrega.
Se a vida escorrega pelos segundos, minutos, dias, meses e anos, que seja fazendo algo que gostamos, que tenha significado, que nos dê prazer, satisfação e realização.
Em todo trabalho existem dificuldades, mas, que saibamos com sabedoria ultrapassá-las. Que possamos colocar na balança os pontos positivos e os negativos, e se estes vierem a pesar mais, que tenhamos a coragem de partir para outra profissão. Digo isso, não só pela felicidade individual mas, também coletiva!
Ana Paula

Segunda - feira!

O costume é ficarmos felizes com a sexta - feira, véspera de final de semana, sensação de tarefas cumpridas etc.
Entretanto, começo a pensar que segunda - feira também é um dia legal, na verdade toda a manhã é a oportunidade de renascermos, de fazermos as coisas acontecerem, de corrigirmos equívocos do dia anterior, de crescermos, de produzirmos, de sermos mais "gente".
Assim como o sol, que surge todo o dia, persistentemente para nos aquecer, devemos nos comportar perante a vida e fazer de cada amanhecer um bom dia, um ótimo dia. E, persistentemente, seja lá que dia da semana viermos a chamar, fazer o melhor que pudermos por nós mesmos e pelos que nos cercam.
Ana Paula