sábado, 25 de fevereiro de 2012

Desapego e Integridade!

Palavras chave para o momento em que me encontro.
Segundo o dicionário da língua portuguesa, desapego significa " falta de apego, desafeição, desamor; desinteresse" e integridade significa " estado de uma coisa que tem todas as suas partes, qualidade do que é inteiro, completo".
Contudo, para que decisões sejam tomadas, preciso me desapegar de um espaço/ posição já conquistados sem que, para isso, eu perca minha própria integridade enquanto sujeito.
É um pouco complicado, mas, tento pensar assim.
Somos sujeitos ativos na sociedade, ocupamos papéis sociais, construímos, reconstruímos, através do nosso trabalho intervimos na vida das pessoas e, claro, fazemos escolhas.
E escolhas implicam desapego de algo já conquistado para assimilação/ aceitação de uma nova condição/ situação. Realizar o desapego, por mais doloroso que seja, procurando manter a própria integridade acredito, que minimiza chances de arrependimentos.
Pois, não existem certezas, existem possibilidades, tanto em dar certo, quanto em dar errado... Não há formas de prevermos o futuro, realizamos uma projeção a partir do hoje e em cima disto decidimos.
Entretanto, se nos mantermos íntegros, não teremos vergonha das escolhas que fizermos!
Ana Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário