sábado, 25 de junho de 2011

...

" Ja perdoei erros quase imperdoáveis,
Tentei substituir e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisa por impulso,
Já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também ja decepcionei alguém,
Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia,
Fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
Já liguei só pra escutar uma voz,
Me apaixonei por um sorriso,
Já pensei que fosse morrer de tanta saudade, e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)!
Mas vivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida.
Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia,
Porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é "muito" para ser insignificante."
(Charles Chaplin)

Para pensar...

" Preocupe-se mais com a sua consciência do que com sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, é problema deles. "

Fantasmas do passado ou Histórias mal acabadas?

Volto a falar em escrever nossa própria história...mas, que nem sempre conseguimos porque lá pela metade a vida bagunça!
Então, quando isso acontece os capítulos ficam abertos, sem encerramento e de vez em quando a história desses capítulos voltam aos nossos pensamentos, como fantasmas do passado. Passam a ocupar nossa mente, geralmente, nos horários da madrugada. Também, não há muito o que fazer com eles, fazem parte do passado e o que passou...passou!
Carpe Diem é a saída, assim minimizamos a habilidade que a vida tem de bagunçar com nossos planos e ficarmos, assim, com histórias inacabadas. Contudo, não damos espaço para num fututo, sermos assombrados por fantasmas, rsrsrs.
O Presente, não por acaso o chamamos assim, o ganhamos diariamente e é a única oportunidade real de fazermos algo que preste.
Ana Paula