sexta-feira, 13 de maio de 2011

Silêncio!

Ontem eu escrevi sobre o impacto das palavras, hoje sobre o impacto do silêncio.
Acabei de chegar de uma consulta...
E aí senti o peso do silêncio, na verdade, tenho sentido muito o peso do silêncio, quando ele vem dos médicos causa insegurança, medo, questionamentos...antes eu gostava mais do silêncio, talvez porque não o entendia. Sou muito falante, tagarela etc, usava o silêncio como exercício de concentração, para focar numa atividade mas, não via outro sentido.
Começo a compreender alguns momentos, sentimentos, atitudes que pela correria que vivia, ou pelo menos era essa a desculpa, não os percebia.
Não sei se este é um momento de sensibilidade, mas, a realidade é que tudo tem um peso muito grande.
Hoje foi a vez do silêncio de um médico que me assustou! 
Ana Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário