sexta-feira, 13 de maio de 2011

Minha Luta!

Amigos!
Quem me conhece sabe da minha luta, ou melhor, da luta da minha vida!
Não sei se escolhi a profissão ou ela me escolheu, mas, enfim, aqui estou e tento cumprir com meu papel social de educadora especial.
Confesso, nem sempre é uma tarefa muito fácil, pois, o que digo mexe, ou deveria mexer, com muita gente, principalmente com gestores públicos.
Quando exponho minhas idéias, inevitavelmente, acabo me expondo. Pois, os apontamentos que faço muitas vezes são compreendidos como algo “pessoal”, quando na verdade estou apenas lutando pela garantia dos direitos das pessoas com deficiência.
Vivemos num Estado Democrático de Direito. Sendo assim, a Educação é um direito básico/ fundamental, em nossa Constituição não diz "exceto" para deficientes. Contudo, há uma dívida histórica com esta parcela da população, hoje há uma política nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (2008), mas, precisamos de políticas públicas municipais, estaduais que agreguem as diferentes áreas (saúde, assistência social etc).
Não podemos nos esquecer que a escola é uma "célula" da sociedade, precisamos pensar em inclusão em outros espaços sociais, precisamos pensar nas barreiras arquitetônicas e, também, nas atitudinais.
Pretendo utilizar este espaço virtual para reflexão acerca de questões sérias como esta e de tantas outras mais banais do nosso cotidiano.
Um forte abraço...

Nenhum comentário:

Postar um comentário