segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Deixei de escrever...

Deixei de escrever, de reescrever e de analisar...
De procurar ser inteligente e com isso encontrar soluções...

Deixei de buscar,  de lutar e de gritar...
De buscar a perfeição em tudo aquilo que se faz...

Deixei de sorrir, de gargalhar e de brincar...
De fazer piada e de ser piada...

Deixei de perceber nos pequenos momentos grandes oportunidades...
De acreditar nas pessoas e em seus discursos...


Enfim, deixei, estou deixando, de fazer e crer em muitas coisas. A vida escorrega, se vai, dia após dia, pois, neste momento, percebo o quanto os medíocres, os hipócritas, os falsos, os mentirosos, os demagogos, os maldosos, os invejosos, os oportunistas etc, se dão bem. E, como não pretendo me tornar um ser "desses" acima mencionados, reservo- me ao direito apenas de desistência temporária do jogo, rsrsrsrsr...

Ah, esqueci de contar o mais importante, deixei de usar chapéu, assim não corro o risco de alguém prestar continência com ele, rsrsrs...

Sei de onde vim, da estrada que percorri, de cada dificuldade que encontrei e ultrapassei para chegar até aqui, assim como, lembro-me muito bem de cada mão a mim estendida e de cada rosto virado. Contudo, aqui estou, para alegria de poucos e loucura de muitos, rsrsrsrs...
Ana Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário