sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sexta-feira tornou-se o dia predileto!

Logo que comecei a escrever o blog, em maio, estava numa época da minha vida que havia aprendido a adorar as segundas, tinha uma predileção, aguardava-as, pois, era a oportunidade de fazer uma semana diferente, melhor que a anterior.
As situações, as pessoas e seus desejos mudam, hoje, passados apenas alguns meses, aguardo com ansiedade pelas sextas feiras, pois, durante a semana já fiz o que poderia ter feito, já estou no meu limite físico e emocional, quero descanso, paz, tranquilidade e ninguém gritando e esbravejando aos meus ouvidos.
Fico pensando como a gente muda, os desejos, as motivações, as paixões etc, e como pode tudo isso mudar em tão pouco tempo. Também penso o papel decisivo que ocupamos na vida do outro, ou o ajudamos a construir grandes obras ou o arruinamos.
Contudo, passei a adorar a sexta-feira, os sábados, os domingos, os feriados e todos os feriados prolongados que conseguir fazer, porque quando se dá "murro em ponta de faca" e perde-se o tesão pelo que faz, é melhor ficar em casa.
Ana Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário