terça-feira, 31 de maio de 2011

Um dia bom, um bom dia!

Um dia bom, um bom dia!
Um dia como outros tantos, mas, já basta. Basta pelo fato de termos dado nosso recado, mostrado para que viemos. Levantar-se, arrumar-se, alimenta-se, dirigir-se ao trabalho e trabalhar, trabalhar muito, com toda a motivação, dedicação e o conhecimento adquirido. Retornar ao convívio familiar, ir à fisioterapia, dar aquela passadinha básica no hospital para curativos, voltar para casa, trabalhar mais um pouco no curso à distância, dar um oi para o pai, para a mãe, para a mana, uma ligadinha para o marido que está de serviço e finalmente descansar.
Um dia comum, muitos chamariam até de chato porém, para mim foi um ótimo dia pelo fato de tê-lo ganho.
Conquistei-o, cumpri com todas as minhas obrigações, fui feliz e acho que, sem querer ser pretenciosa, contribui pela felicidade alheia
Por falar em ganhar, ganhamos toda a manhã a oportunidade de fazermos um Dia Bom, um BOm Dia, de fazermos diferente ou a diferença.
Porque ficamos imaginando a felicidade em tantos outros lugares se ela pode estar dentro de nós, nas atividades diárias, mesmo nas mais simples.
Redescobrirmos o sentido da vida não é tarefa fácil, mas, reencontrarmos o caminho da felicidade pode estar mais perto do que possamos imaginar!
Ana Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário