segunda-feira, 30 de maio de 2011

Trabalho!

Você tem que escolher o trabalho e não o trabalho escolher você!
Quase nunca isso é possível mas, deveria ser. Pois, pressupõem-se que se pudéssemos escolher qual ofício a seguir o faríamos com paixão, determinação, comprometimento, responsabilidade, dedicação, abdicação, ousadia, criatividade etc.
Teoricamente passamos 1/3 de nosso dia no trabalho, mas se contabilizarmos o trânsito, o almoço que não passamos em casa, as reuniões, passamos bem mais tempo. Daí descontamos ainda as horas de sono, indispensáveis para o bom funcionamento de nosso corpo e mente, percebemos que a vida escorrega.
Se a vida escorrega pelos segundos, minutos, dias, meses e anos, que seja fazendo algo que gostamos, que tenha significado, que nos dê prazer, satisfação e realização.
Em todo trabalho existem dificuldades, mas, que saibamos com sabedoria ultrapassá-las. Que possamos colocar na balança os pontos positivos e os negativos, e se estes vierem a pesar mais, que tenhamos a coragem de partir para outra profissão. Digo isso, não só pela felicidade individual mas, também coletiva!
Ana Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário